De António José Ramos a 21 de Novembro de 2007
@ Sandra – há não há??? Se calhar é o mesmo da outra vez... bjs

@ Quim – tens razão mas alguém de chamar o moço pelo aquilo que é...

@ Alfredo – este tipo de gente não me incomoda nada acho sempre piada que se lembrem de nós e se fosse boa gente não vinha anónimo, o pior é que deve ser alguém que me conhece bem e como tal não tem “tomates” para “marrar” de frente... grande abraço

@ DF – nada chateado, obrigado e quanto à 2ª circular, lamento por si mas tb nem tudo pode ser perfeito na nossa personalidade, ah ah ah... abraço

@ PPC – tem razão e o pior é que o cheiro já muitas vezes esteve perto de mim mas identificado... e sabujando-se como amigo certamente abraço e obrigado

@ João – obrigado pela re-lembrança, já conhecia o post do corta-fitas, aliás tenho uma história do mesmo género e com a tua Inês pois até tenho uma peça feita por ele em que estão “assentes” no barro as mãos da pequenada... Grande Homem, o “Zé Franco”... (há-de sair post “passeios” um dia destes)...
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.