Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

sujeitinho aerotorto...

Eis que depois de alguns dias sem piadas, o "ministro boca doce" lá vêm com mais uma das suas famosas tiradas:

.

Desta vez, perante uma plateia da Ordem dos Economistas, onde (ainda) não está inscrito, lá justificou mais uma vez o aerotorto da OTA deitando abaixo qualquer opinião concorrente e/ou discordante.

.

..

Pois é deserto (assim o fazem ministros como vossemecê)

Não há pessoas (tem de se ir embora porque falta tudo e o que há ministros como vossemecê tiram)

Não há hospitais, maternidades (e as que há ministros como vossemecê encerram)

Não há escolas (haver há mas vossemecês encerram)

Não há comércio (só se for para vender camelos do deserto)

Não há hotéis (nem um, aliás da próxima vez que estiver em comissão de serviço com o meu dinheiro devia dormir na rua e em cima duma pedra - se houver pedras)

Mas há ambiente (na Arrábida, em Souselas e noutros pontos do país também há mas não parece interessar a ministros como vossemecê)...

.

E não é que agora descobri que nasci no deserto!

 

 

-flash" width="400" height="325" wmode="transparent"></embed>

Querem ver que ainda terei por aí alguns camelos?

 

 

Gosto cada vez mais deste ministro, não se esqueça é que por piadas menos graves já outros caíram ou foram corridos e o ministro ainda se sujeita a ir para uma biblioteca arrumar livros...

.

...vossemecê é mesmo um aerotorto!

António José Ramos às 11:54
link | diz lá tu
1 comentário:
De afronauta a 14 de Junho de 2007
Foi pena não terem mostrado o camelo, aliás, dromedário!...

Comentar post

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...