De auris Trincheira a 22 de Dezembro de 2009 às 11:40
Auris PombeeiroUm bom Natal para todos , com muita paz e amor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Alentejo terra linda cor de fogo, no ar exala o cheiro dos poejos, as árvores parecem implorar a sua gota de água. Aí também eu fui crescendo esperado encontrar uma gota de amor, junta com as minhas primas, saltando e correndo pelos campos, foram tempos felizes! Não é preciso muito para se viver, basta encontrarmos um pouco amor! Todos nos carecemos de amor, muitos de nós não queremos reconhecer esse sentimento em si e nos outros, não importando idade ou o sexo. O amor é vital para nossas vidas como o ar, é notoriamente reconhecido que sem amor a criatura não sobrevive, o amor equilibra e traz a paz de espírito quando é necessário.
Quando ao entardecer no Verão saia da frescura sombria e silenciosa da minha casa, tinha a impressão de que assomava à boca de uma fornalha ardente. O sol dos dias mais quente entre Junho e Agosto, que tinham secado os campos e toda planície, Borba parecia um brasido, aquecia as pedras da calçada, o sol reverberava nas paredes caiadas de branco, arrancava chispas das pilastras, dos cunhais e das arcadas dos alpendres, irradiava, sufocava, cegava, criava sob as arcadas sombras escuras, sombras espessas, sombras ardentes que escaldavam quase tanto como a própria luz chapada da luz crua do sol. Que nos cegava os olhos, e nos queima o peito de tanto calor, ao entardecer regressavam os rebanhos aos redis (cerca para guardar animais, um regionalismo), a terra cor de fogo, o céu azul, o verde seco das copas dos sobreiros (parte superior destas arvores frondosas).
iro..Tenho saudes deses tempo de menina !hoje longe felicito-vos por esta boa ideia...é um modo entrar em contacto auriscom meu passado
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.