Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

ESTREMOZ votou assim...

 

Estremoz foi a votos e escolheu o regresso de Luís Mourinha - MIETZ, agora como independente, ao cargo de Presidente da CME.

 

Curiosidades e factos dos números na eleição à Câmara Municipal

 

MIETZ - Luís Mourinha - 40,03% - 3577 votos - 3 mandatos

PS - José Alberto Fateixa - 32,09% - 2867 votos - 3 mandatos

PPD/PSD - António José Ramalho - 10,96% - 979 votos - 1 mandato

PCP/PEVJorge Pinto - 10,43% - 932 votos - 0 mandatos

CDS/PP - Luís Assis - 1,82% - 163 votos - 0 mandatos

BE - Luís Mariano - 1,26% 113 votos - 0 mandatos

 

Inscritos - 13263

votantes - 8935 - 67,37%

 

votos em branco - 176

votos nulos - 128

 

Comparando os resultados de 2005 e mantendo o PS quase os mesmos votos ( - 3 votos, 2870 de 2005 contra os actuais 2867 ), os independentes do MIETZ foram claramente ao PCP/PEV e PPD/PSD retirar os seus 3577:

Ao PCP/PEV  ( - 1865 votos, 2797 de 2005 contra os actuais 932) e ao PPD/PSD ( - 665 votos, 1644 de 2005 contra os actuais 979 ). Nos restantes partidos, o CDS/PP apurou  - 29 votos, 192 em 2005 contra os actuais 163  e o BE obteve - 3 votos, 116 (2005) contra 113 nestas eleições.

Registaram-se ainda menos votos em branco (218 - 176) e votos nulos (138 - 128) e o número de votantes aumentou de 8414 (2005) para os actuais 8935, apesar de o número de inscritos nos cadernos eleitorais ter descido para os actuais 13263 ( 13488 em 2005 ).

O PS e o PPD/PSD mantêm o mesmo número de mandatos, 3 e 1 respectivamente, enquanto que o PCP/PEV desaparece dos eleitos, perdendo os seus 3 mandatos para a lista vencedora de Luís Mourinha, seu antigo militante e anterior Presidente eleito pelas suas listas. 

 

Os eleitos:

 

CM:  Luís Mourinha - MIETZ
AM:  Martinho Torrinha - MIETZ
JF Santa Maria:  José Ginja - MIETZ
JF Santo André:  Ernesto Gomes - MIETZ
JF São Domingos de Ana Loura:  José Dias - PS
JF São Bento do Cortiço:  José Lavado - PCP/PEV
JF Santa Vitória do Ameixial:  Angelina Leirias - PCP/PEV
JF Glória:  Óscar Fonseca - MJPG
JF Veiros:  João Raimundo - PPD/PSD
JF Evoramonte:  Bruno Oliveira - PS
JF São Lourenço de Mamporcão:  Sérgio Carvalho - PS
JF Arcos:  António Broa - MIPA
JF São Bento do Ameixial:  Justino Fonseca - PPD/PSD

 

Alentejanices...: ,
António José Ramos às 00:46
link | diz lá tu
24 comentários:
De Anónimo a 14 de Outubro de 2009
Ignorantes e estúpidos são aqueles que votaram no ser humano chamado Mouquinho( Mourinha ), que não sabe dizer burro duas vezes seguidas. Só dizem bem dele porque andam todos nos copos juntos e nas bebedeiras , por isso é que gostam dele, não vale nada esse homem, para mim claro, nem que se carregasse de ouro alguma vez na vida eu iria votar nele, nunca mas nunca, se não se estava bem, agora vamos estar 1000 vezes pior, parámos no tempo novamente. Mas com o tempo as pessoas ignorantes pode ser que se vão desmaginando, e verem bem no erro que cometeram em votar nesse homem chamado Mourinha...............................
De Antonio a 14 de Outubro de 2009
Se esse Ramalho ( PS ), nao confundir com o candidato do PSD ( excelente pessoa ) eu deixaria de votar na cidade de Estremoz. Inadmissivel uma pessoa que tanto mal disse de Estremoz, se candidatar a Camara Municipal. Deus escreve direito por linhas tortas...Parabens Mourinha
De Anónimo a 14 de Outubro de 2009
Calma, nem tudo é mau. O Mourinha vai fazer de Estremoz Património Mundial.
De anonimo a 15 de Outubro de 2009
estremoz está de luto, e acabou de se enterrar ainda mais... é pena
De rosarita ramos a 31 de Outubro de 2009
Para ti primo, deixa-me dizer-te que sofri uma grande desilusão ao ver a tua fotografia em certos folhetos eleitorais, posso até dizer-te com toda a sinceridade que desde 04 de Feveriro de 2007 não sofria tão duro golpe ( se é que esta data te diz alguma coisa). Depois do que algumas daquelas pessoas que tanto te empenhaste em apoiar me terem prejudicado tanto em termos profissionais e terem inclusivamente tentado afectar-me psicológicamente, mas isso não foram suficientemente fortes para o fazer, pois forças superiores me ajudam, não esperava que uma pessoa tão familiarmente próxima de mim viesse dar a cara por pessoas que tanto mal me fizeram, não só a mim mas a tanta gente.
Depois quero dizer-te que, se efectivamente como escreveste numa resposta a um comentário de outro familar nosso, sabias tudo sobre os candidatos e proposta que se apresentavam ao eleitorado, devias saber que Luís Mourinha não era militante, como escreveste neste post, da força politica que representou enquanto Presidente da Câmara, mas é e foi sempre independente.
Por outro lado, repito, se sabias tudo sobre os candidatos e suas propostas, deverias saber tudo o que aqueles que tanto defendeste ,prejudicaram alguns funcionários da Câmara Municipal. E não, não foi porque, como muito aqui se tem comentado, os colocaram nos eixos ou deixaram de poder andar pelos cafés, porque isso muitos continuaram a fazer, mas com o apoio e conhecimento do próprio executivo, mas porque os prejudicaram, quer profissionalmente quer financeiramente, pois ao suspederem as suas progressões na carreira, alegadamente por falta de dinheiro, dinheiro que existia para contratar pessoas de fora e quadros superiores, cumprindo assim promessas antigas, os prejudicaram financeiramente, pois muitos funcionários houve que perderam entre 250 a 300 euros mensais( é só fazer as contas ao montante, durante 4 anos) em virtude de não ascederem na carreira. No entanto muitos houve que ainda quase não tinham completado o tempo para a progressão e já tinham concurso a abrir, mas era o poder descricionário, ou deverei dizer discriminatório do Sr. Presidente da Câmara.
Gostaria de te ver no lugar destas pessoas a veres a tua carreira ser prejudicada, só porque não és da cor, para ver se vivesses em Estremos, ou se fosses funcionário desta casa, os defenderias com tanto empenho.
Dizer-te ainda que ,nestes 4 anos, me mudaram de serviço por duas vezes, sem qualquer explicação, embora eu até os perceba, porque enquanto desempenhava serviço de apoio administrativo na DAF e secretariava as reuniões da Câmara estava ao corrente das grandes decisões a serem tomadas pelo executivo camarário. Posição previlegiada, portanto. Era urgente afastarem-me daquele serviço, então inventaram uma guerra entre outras funcionárias, com o devido apoio do Sr. vereador, que curiosamente agora nem fez parte das suas lista, e afastaram-me daquele serviço, mas curiosamente fui transferida para a Secção de Recursos Humanos, onde tudo se passa em termos de recrutamente de pessoal, concursos, contratos, etc... e ao fim de 2 anos e 6 meses de estar naquele serviço, mais uma vez fui transferida. O Sr. Presidente levou 2 anos e meio a perceber que tinha feito mal em me transferir para aquela Secção. E por coincidência só o percebeu quando uma tal técnica superior, totalmente protegida pelo dito Sr. Vereador, passou a ser a responsável pela Secção e os erros e as dualidades de criterios para com os funcionários começaram ser gritantes. As pessoas que me conhecem sabem que eu não poderia ficar indiferente a tais situações, pois não fui habituada a tratar uns como filhos e outros como enteados. Não tenho duas palavras nem duas caras a apresentar consoante os colegas que solicitam o nosso serviço. Sempre fiz frente a tamanha incompetência, com a consciência de que estava a defender os interesses de todos os colegas e a tratar todos por igual. A minha maneira de ser e as posições que defendi a favor de todos os colegas foi incómoda para a dita Técnica Superior, como já disse totalmente protegida pelo Sr. Vereador, que logo se prontificou para junto do Sr. Presidente pedir o meu afastamento daquela secção, pois incomodava muito a dita Sra. ao expor tanto as suas incompetências.
De rosarita Ramos a 1 de Novembro de 2009
(continuação do comentário anterior)Então o Sr. Presidente "entendeu que era melhor para os serviços" eu ir para o Museu Municipal, ou melhor para um gabinete no Sotão (embora remodelado e adaptado a gabinete, não deixa de ser um sotão).
Penso estar agora em condições de pensar que a população do concelho de Estremoz entendeu que "era melhor para o concelho este Presidente ser afastado", mas isto sou eu a imaginar o que pensou a população de Estremoz ao votar conforme votou.
E aqui está o que efectivamente aconteceu com a minha transferência para o Museu. Não foi, como alguém comentou nalguns blog, anonimamente, mas para quê se nas entrelinhas estavam escarrapachados os nomes de quem escreveu (os mesmos que se sentiam incomodados comigo), "por ser má profissional, incompetente no dia a dia sem que admitisse os meus erros e ainda de forma arrogante não soubesse respeitar os seus superiores, ou ainda por não saber o que é deontologia profissional e muito menos saber qual o meu lugar e as minhas funções no respectivo local de trabalho". Isso eu sei, melhor do que quem fez o comentário , que só chegou à função publica porque na privada foi afastada pois já queria mandar mais que o gerente.
Estou no Museu Municipal . É um facto. Quizeram fazer-me mal, prejudicar-me, deitar-me abaixo, mas graças a Deus, não o conseguiram pois fui mais forte, tive muitos amigos, muitos apoios, possivelmente mais do que eles no dia das eleições, eaqui para nós que ninguém nos lê até posso dizer que se verificou o efeito boomerang.
Para terminar, primo, quero dizer-te que ainda sinto alguma mágoa em relação a ti e gostaria de saber o que farias se passasses pelo que muitos de nós passamos enquanto funcionários. POssivelmente não terias tanto empenho em defender que tanto te prejudicasse. Mas o tempo se encarregará de minimizar esta mágoa e talvez um dia eu pense em ti como o fazia há tempos atrás.
Beijos para todos, e desculpa o desabafo, mas era necessário para mim esclarecer o meu caso e tudo o que se passou comigo naquela casa neste últimos 4 anos, pois muito se disse que não era verdade, e é dificil ver a nossa situação exposta, sermos chamados de incompetêntes e arrogantes por pessoas que nada sabem do que efectivamente se passou. Por isso aqui fica o registo do que efectivamente aconteceu.
De António José Ramos a 1 de Novembro de 2009
Querida prima:

apenas respondo a uma questão porque essa sim me diz muito - as datas que me são caras ou por alegria ou por tristeza não as esqueço, a que referes está bem presente!

Já que falo em datas que me dizem "coisas" - PARABÉNS PARA TI E PARA A SÃO...

quanto aos assuntos que te levaram a escrever e à tua mágoa, entendo-a, aceito-a e sei que fazes bem em defender-te de quem mal te faz, eu faria o mesmo... não me quero alongar e apenas te respondo por aqui pelas questões das "datas e do meu sentir sobre elas" o outros assuntos deixo-os para outras oportunidades e momentos, como aliás e bem referiu o teu pai.

um grande beijo para ti...
De Anónimo a 3 de Novembro de 2009
Pois como o Mourinha é bom para muita gente.
Essa gentinha que estava contra o Fateixa que acabou com certas baldas na Câmara agora já estão como querem.
Já podem fazer as suas compras na hora de expediente, ir ao cabeleireiro, tratar dos seus assuntos pessoais, etc.
Agora já têm lá o Mourinha, já estão como querem, é triste mas é verdade, o que fazem as companhias dos copos.
Um presidente que não sabe sequer falar, só sabe ofender os outros, como se ele tivesse feito alguma coisa por Estremoz nos 2 madatos que lá esteve no poleiro.
Bebedeiras, copos e petiscadas e só o que ele gosta, mas as pessoas não vêm isso.
Enfim, vamos ficar mais 4 anos a ver passar o tempo.
De Anónimo a 4 de Novembro de 2009
TODA A INFORMAÇÃO DO DISTRITAL EM:

http://montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/
De Sandra R a 6 de Novembro de 2009
E o que dizes do nosso sporting?!
O Paulo Bento na minha modesta opinião não tem culpa...

Beijinhos (há muitas novidades caseiras por cá! apareçam...)
De Anónimo a 10 de Novembro de 2009
Parece que já começou o amuo no gabinete com o FAMOSO JORGE a querer mandar mais que o do Pelourinho. ahahahhaha

Comentar post

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...