Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2005

Há 25 anos...

...cheguei à escola, qual puto estudante, a tristeza (para alguns) motivada pelas notícias do acidente da noite anterior pairava no ar.

O ambiente era pesado e as divergências sobre se deveria haver aulas ou não dividia os alunos... e..., pasmem-se, ou talvez não... os professores.

...eu, optei por não as querer ter e ainda hoje em memória de alguém, acho que fiz MUITO BEM!

A Francisco Sá Carneiro deixo a minha homenagem e um certo sentimento de impunidade sobre um "assassinato", que mesmo colocando-se a hipótese de não ser dirigido a ele, não deixou de nos levar o "nosso" Primeiro-Ministro e futuro Presidente da República (certamente outros não o teriam sido e a história deste nosso Portugal teria sido bem diferente, digo eu).

António José Ramos às 10:59
link do post | diz lá tu
7 comentários:
De Anónimo a 9 de Dezembro de 2005 às 16:09
Obrigado pelo esclarecimento Sr. VIDOSIM.Sandra R
</a>
(mailto:mangarosa@iol.pt)
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 17:11
É mais ou menos isso sim senhor que reza a história "mal contada", caro VIDOSIM, obrigado pela presença e disponha sempre do espaço que desejar no Alentejanices...AJRamos
</a>
(mailto:antoniojbramos@netcabo.pt)
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 15:25
para a Sandra: presumo que seja mais nova que nós, como tal digo-lhe que tudo indica que o atentado não era para o Sá Carneiro, que até não era para ir naquele avião (por questões de segurança, e se reparar hoje em dia, salvo raras excepções de cerimónias públicas a que não se podem eximir, continua que o PR, o 1ºMin, o Min. Defesa e o Presidente da AR, NUNCA ANDAM JUNTOS.) Sá Carneiro não era para ir e não podia ir naquele avião. Só que , por atrazo, era a ultima ligação possível para ir ao Porto. o atentado, aliás o ASSASSINATO foi para o Min. da Defesa da altura, outro Grande HOMEM (informe-se por favor quem foi), que foi o Engº. Adelino Amaro da Costa. o atentado foi para ele, que como ministro da defesa andava a investigar uns dossiers muito complicados, que não interessava (nem ainda interessa) a ninguém serem descobertos.peço desculpa ao AJRAmos pelo espaço ocupado. a Sandra pode ser contactar o CDS/PP para saber mais sobre o Amaro da Costa. ou se quizer, dê-me uma morada, que eu envio-lhe a informação que conseguir. agora estou, e bem ligado ao cds.vidosim
</a>
(mailto:vidosim@sapo.pt)
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 15:09
só hoje é que acedi ao blogue. Há 25 anos na nossa cidade, nessa mesma noite houve quem, e muitos ainda estão vivos em estremoz, pagasse rodadas e mandasse vir champanhe,no café alentejano, numa algazarra desmedida, qual carnaval antecipado. asqueroso.
eu assisti, porque fui ao alentejano comprar cigarros. e ouvi as bocas mais estúpidas que possam imaginar. era do psd na altura. e foi o espírito de Sá Carneiro que me fez aguentar no psd mais tempo. até que desisti, que os que estão no psd não merecem nem a memória de um grande Homem. aos de esquerda, que fizeram a festa, só tenho que lamentar a estupidez humana.vidosim
</a>
(mailto:vidosim@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 18:30
Não te esqueças, logo temos debate na SIC. beijinhos.Sandra R
</a>
(mailto:mangarosa@iol.pt)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 16:56
Eu pouco me lembro deste acidente, mas sempre ouvi dizer que seria um grande Homem na nossa política e que certamente hoje faria toda a diferença. Também sei que lá em casa nesse noite a tristeza foi grande. Penso que o "Caso Camarate" foi arquivado por não interessar conhecer a verdade, mas muito pessoalmente acho que foi assassinato e direccionado à sua pessoa. Beijinhos.Sandra R
</a>
(mailto:mangarosa@iol.pt)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 11:51
Recordo esse dia com uma enorme tristeza. Nunca vi a escola mergulhada em tanta confusão como nesse dia, alguns satisfeitos e alegres queriam aulas, outros tristes com tal acidente não queriam aulas em respeito à memória de um Grande Homem que havia morrido na noite anterior. Acidente? ou talvez não.
Eu tal como tu, no meu 8.º ano de escolaridade decidi também não ter aulas. Assisti, mas não participei, e tal como tu, também ainda hoje penso que fiz muito bem.
VIVA SÁ CARNEIRO, SEMPRERramos
</a>
(mailto:Daf@cm-estremoz.pt)

Comentar post

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...