Domingo, 9 de Setembro de 2007

blog: "Alto da Praça"

 

 

Desde há três anos para cá que Borba tem este espaço de "discussão", por lá passam os da terra e os de fora.

 

 

Parabéns a este Alto da Praça  e ao Joaquim Trincheiras pela vontade e paciência em mantê-lo assim.

Alentejanices...:
António José Ramos às 00:01
link do post | diz lá tu
1 comentário:
De auris Trincheira a 23 de Dezembro de 2009 às 16:29
Este era dialecto ou lingua falada pelos nossos antepassados , tal como Miradez . merecia ser considerado lingua alentejana e ser aprendido para não desaparecer ......Nô ôtro dia andava ê porli labrando a terra cô a nlha mula e semeando o trigo 'estando ê ali à bêra do maticuenho do palaio, ali memo aonde o barranco bate c'oa semeada... 'Tava assi a modos qu'esmorraçando (chovendo).. Ajitei-me dentro do gabinardo e assenti-me no marco. Enroli um cigarro e cando ia a puxar do zarapatusco de modo a acender, di c'os olhos numa velhaca... Era um rego cheio de carne,(uma lebre) ó cumpadre!!! Imaparelhê-me cum ela e meti o ferro à cara... Aventei-lhe dois fogachos (dois tiros), mas a mangana foi-se-me imbora mais a p. que a pariu!!!Nã mi alembrei que a mangana era ligeira,ê qui corria mais ca mim. Cai no chã cumpadre tô todo bresuntado e embodegado, cando chegui a casa às tantas parecia um bácoro., a nlha Maria ficou assarapantada fez uma zanguisado eu tava todo estranbelhado.Auris Trincheira

Comentar post

ano X... por António José Ramos

correio para mim, é aqui
connosco

ESTREMOZ

Estremoz

escuta aqui a

Rádio Despertar - on-line

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...