Terça-feira, 23 de Agosto de 2005

Derrota...

16931.jpg16931.jpg16931.jpg16931.jpg16931.jpg16931.jpg16931.jpg
</p>...e pronto, o Sporting Clube de Portugal, lá perdeu a oportunidade de pela primeira vez estarmos com três equipas na Liga dos Campeões.

E desde já afirmar que no conjunto das duas mãos, o Sporting perdeu a eliminatória em casa e que a Udinese foi uma justa vencedora.

Resta a honra dos vencidos e que dignifiquem o clube e o país na taça UEFA e já agora peço o minimo e que lá para Maio se repita a presença na final.

Força Sporting...

António José Ramos às 23:41
link do post | diz lá tu
5 comentários:
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 15:39
Eu não tava com muita fé nesta eliminatória, não sei porquê pensei que não conseguiriamos. Tb o Ricardo não deve tar com grande fesada, pois as asneiras são mais que muitas... mas a culpa não é só dele. Talvez na UEFA... Beijocas das grandes para todos.Sandra
</a>
(mailto:mangarosa@iol.pt)
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 14:28
enfim ... vamos tentar a taça uefa ... até à final ... pelo menos.
Não gostei do Ricardo ... penso que não está bem, mas á outros para além dele ...
VIVA O SCP.antonio
(http://monsarazemfotos.blogspot.com/)
(mailto:antoniocaeiro@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 13:45
Mais uma do Ricardo. Mas como é que alguém ainda o defende? Ele que vá para Inglaterra ou para o Paquistão. Dêem oportunidade ao Nelson ou ao Tiago.anonimo
</a>
(mailto:alentejao@hotmail.com)
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 12:12
Perde-se hoje, ganha-se amanhã! Seremos sempre, hoje e amanhã, do SCP!nikonman
(http://pracadarepublica.weblog.com.pt)
(mailto:joao.espinho@netvisao.pt)
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 10:48
Deixa lá mano,a esperança é sempre a ultima a morrer, e o verde é a cor da esperançaCRamos
</a>
(mailto:hcristy71@sapo.pt)

Comentar post

ano X... por António José Ramos

correio para mim, é aqui
connosco

ESTREMOZ

Estremoz

escuta aqui a

Rádio Despertar - on-line

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...