Domingo, 2 de Abril de 2006

A "Voz de Estremoz"

Rádio Despertar - Voz de Estremoz

Já andava para questionar os meus conterrâneos sobre a estranha ausência da "nossa" rádio no projecto que abaixo descrevo. Estando longe, como seria agradável poder escutar Estremoz... mas não, escuto Borba, Vila Viçosa, Redondo, Évora, e outras mas de Estremoz nada.

De uma pequena sondagem pelos amigos e blogues de Estremoz, fiquei a saber e ouvi várias versões e/ou explicações para este facto, mas o estranho é que oficialmente nada, apenas alguns zumbidos sobre os reais motivos deste "passo atrás". Deixem que vos diga que em alguns até me custa acreditar... mas, vendo bem as coisas talvez haja algum fundamento nos que defendem que se deve a alguma falta de qualidade na própria rádio e de quem a faz ir para o ar e do consequente receio de alguns em colocá-la online... e se assim for... bolas.

Acho no entanto que o risco e o desafio compensaria alguma possível "inexperiência" do "radialistas" estremocenses e certamente que a mostra da nossa rádio poderia melhorar e reforçar o papel que sempre desempenhou e que certamente será a vontade dos seus responsáveis. Como é óbvio, tentei a resposta oficial, mas os contactos descritos na página oficial estão desactualizados e os que consegui por outras vias mostraram-se sem qualquer resposta, pelo que optei por lançar o desafio para o ar e este sim ficar online.

Ah, e já agora é preciso não esquecer que quando se procuram apoios, publicidades, valores, desempenhos e um futuro melhor, há que criar condições e espaços para tal e este será certamente um meio deveras abrangente quer no espaço de escuta quer no meio de difusão de tudo o que diga respeito a Estremoz e que a "Voz de Estremoz" está a desaproveitar... pelo menos para quem está longe.

Mais, fazendo fé no exposto pela própria rádio, mais dificuldade tenho em aceitar e entender esta ausência, senão vejamos:

”Quem Somos…” ”Queremos acordar para os valores deste novo mundo, virado para a comunicação e partilha, nesta aldeia global que somos…" "Já disseram que somos o maior do género no Alentejo! Mas... uma coisa é certa: queremos crescer mais, mais!...” “Estamos optimistas, já que fomos apelidados de "os mais ouvidos" no distrito de Évora. Isso deixa-nos felizes! Queremos continuar, com esforço e luta a ter o nosso papel no engrandecimento de Estremoz e do Alentejo…” "A nossa maior satisfação é o feedback que nos chega desde Castelo Branco, passando por Portalegre, Évora e chegando até Beja. O mesmo se passa em algumas zonas do Ribatejo…" “Contribuir para a manutenção de um projecto de rádio que, segundo as sondagens não oficiais e o que é voz corrente, é a mais ouvida no Alto Alentejo e segundo sondagens publicadas em revistas e jornais está situada entre as 20 e as 30 mais ouvidas em todo o país”.

Isto está lá escrito na Despertar e pela Despertar e como se costuma dizer "tá dito, tá dito...", agora façam por tal e assim aqui vos deixo o texto oficial do projecto ROLIpara perceberem o que está em causa e que estamos a desaproveitar...

ROLI - Rádios Online na Internet

O projecto ROLI - Rádios Online na Internet tem como principal objectivo a disponibilização das Rádios Portuguesas na Internet. No contexto do projecto ROLI será criado também o Portal Rádio que permite a cada uma das estações de Rádio a produção e publicação de informação institucional e da programação da própria emissora.

A APR - Associação Portuguesa de Radiodifusão é o promotor do projecto ROLI, financiado no âmbito do POSI – Programa Operacional da Sociedade da Informação, que conta com o apoio da FCCN- Fundação para Computação Científica Nacional . No final da sua execução, o projecto ROLI disponibilizará a emissão online e os conteúdos da grande maioria das estações emissoras de rádio portuguesas, geograficamente dispersas pelo continente e ilhas.

1ª Fase do Projecto

Na primeira fase do projecto foi instalado o equipamento no Data Center da FCCN que permite a difusão dos canais de Rádio através da Internet e a instalação da infra-estrutura que permite a transmissão de cerca de 200 estações de Rádio.

O Portal Rádio está em fase de desenvolvimento e estará disponível brevemente neste endereço. Actualmente estão dísponíveis online cerca de 190 Rádios. Clique www.radio.com.pt para aceder ao sintonizador ROLI.

Alentejanices...:
António José Ramos às 13:53
link do post | diz lá tu
18 comentários:
De Anónimo a 6 de Abril de 2006 às 10:22
Embora um pouco alheia a este assunto, devo dizer que das poucas vezes que ouço a rádio estremoz(por falta de tempo e oportunidade)sempre gostei e sempre participei nos diversos passatempos eu própria mts vezes ia p/ rádio acompanhar amigos q faziam programas e ai passavamos bons bocados, mas infelizmente tenho de concordar com o mano to-zé, quantas vezes não o vou eu visitar e a ouvir a rádio Estremoz e passando montemor ou vendas novas no máximo e a frequência abala sem ter oportunidade de continuar a ouvir as vozes conhecidas da m/ terra.Espero que sim , que a rádio fique on-line, talvez assim nos dê mais chances de a podermos ouvir em sitios mais longinquos. saudações e felecito quem na rádio trabalha com gosto (sandra nunes, zé roberto, zé gonçalez, etc, etc)acima de tudo gente jovemCristinaRamos
</a>
(mailto:hcristy71@sapo.pt)
De Anónimo a 6 de Abril de 2006 às 02:03
Tó-Zé, lembro bem o tempo que referes, também eu lá ia e cá continuo, sabes amigo percebo as questões que levantas e até fui ver se de facto tinhas enviado algum mail, o que confirmo, mas não me compete a mim responder e o que estou a fazer é a titulo pessoal. Talvez até saiba melhor que tu do que falas pois felizmente tenho corrido muito lado e muito estrangeiro e a tua questão é frequentemente levantada, mas sabes entre on line e manter postos de trabalho, que me desculpes mas estou a favor da direcção mais a vida aqui não é facil e eu até estou á vontade pois como sabes vou para Lisboa três vezes por semana e tu até tiveste que abalar, sabes recordei-te a jogar á bola mais o Rui Costa, Luis Rato, o Nuno Lopes o Quim Zé etc,etc etc, e digo-te isto cheio de lágrimas nos olhos e se cá vivo é por causa da Rádio essa mesmo que felizmente me vai permitindo ver a tua mãe e pai e familia de vez em quando. Amigo Tó-Zé um texto do Fernando Emilio publicado no Diário do Sul dizia "Parabens á cidade de Estremoz que tem a sua Rádio entre as mais ouvidas de Portugal", desafio-te, consulta. Julgo não serem justas as coisas que diseram ou te diseram mas sempre te digo para fechar, não te envergonhes da Rádio da tua terra, se disserem mal deixa dizer é sempre assim o que não é nosso é que é bom, eu cá estou com muito orgulho. abraços José Gonçalez josé gonçalez
(http://josé gonçalez)
(mailto:zegoncalez@iol.pt)
De Anónimo a 5 de Abril de 2006 às 23:08
@ZÉ – Obrigado pelas palavras e pelas visitas… como é claro em todo o texto eu questiono quem de direito a dizer-me o que se passa com este projecto. Não sei se é caro ou se é barato e sinceramente não me interessa muito para o caso pois o que sei estando longe da minha terra é que ouço Borba e Vila Viçosa e Estremoz não. Valorizo quem faz a Rádio, eu também a fiz com material meu na torre da igreja de Santa Maria até madrugada, quando pouca gente queria fazê-lo a horas tardias. Não sou eu que afirmo a falta de qualidade das pessoas que aí trabalham pois isso eu não consigo avaliar, “Não posso ouvir a Rádio tão longe” e agrada-me sobremaneira que esteja quase online seja de que forma for. Se as sondagens dão tão grandes audiências, imagina o que seria se todos os estremocenses ausentes também a ouvissem… e desculpa, mas neste caso se não forem os santos da casa a fazer os milagres quem será? Termino dizendo-te que foste a única pessoa que me elucidou “oficialmente” sobre o que se passa pois após vários emails para responsáveis, nem uma simples resposta do tipo “agradecemos o seu contacto e pedimos desculpa por não estar online para o caro estremocense ouvir mas esse projecto não faz parte dos nossos objectivos, por ser caro ou não prestar, ou não querermos, etc etc. etc.”… eu pedi antes de publicar, eu perguntei de forma clara antes de publicar, por acaso poderia ter-me dirigido logo a ti mas confesso que de entre os contactos o teu não me ocorreu… Boa sorte para a despertar e espero passar a ouvir-te e ouvir-vos cá longe. Um abraço e ao vosso dispor.AJRamos
</a>
(mailto:antoniojbramos@sapo.pt)
De Anónimo a 3 de Abril de 2006 às 21:32
CARO TÓ-ZÉ, TENHO COM ALGUM INTERESSE DE HÁ UM TEMPO PARA CÁ ACOMPANHADO O TEU E OUTROS BLOGS, SOBRE ESTREMOZ OU COISA PARECIDA, COM INTERESSE E AO MESMO TEMPO COM ALGUM DESGOSTO PELO FACTO DE MUITOS SERVIREM PARA DE UMA FORMA ANÓNIMA E POUCO CREDIVEL OFENDER SEJA QUEM FOR. QUERO-TE DIZER QUE FOI COM GRANDE SURPRESA QUE LI ESTE TEU TEXTO SOBRE A RÁDIO, NÃO FAÇO PARTE DE QUALQUER ORGÃO DIRECTIVO DA RÁDIO, NADA TENHO A VER COM AS LINHAS ORIENTADORAS MAS DIGO-TE O SEGUINTE: 1º O PROGRAMA QUE REFERES E AO CONTRÁRIO DO QUE PENSES, NÃO SAI BARATO ÁS RÁDIOS QUE A ELE ADIRAM. 2º "AS PESSOAS QUE LÁ TRABALHAM NÃO TEM QUALIDADE", PACIENCIA, MAS JÁ AGORA ARRANJA OS ESTUDOS OFICIAIS DA MARKTEST E REPARA COMO A RÁDIO DESPERTAR ,DA TUA TERRA, APARECE SISTEMATICAMENTE ENTRE AS RÁDIOS LOCAIS MAIS OUVIDAS DE PORTUGAL E NÃO SÃO POUCAS AS VEZES EM QUE TEM SURGIDO COMO O EMISSOR REGIONAL MAIS OUVIDO AO SUL DE PORTUGAL.
3º CASO NÃO SAIBAS AS OUTRAS RÁDIOS QUE REFERES TÊM UM, DOIS OU NO MAXIMO TRES FUNCIONÁRIOS, A DESPERTAR EMPREGA DE MODO PERMANENTE 7 PESSOAS E MAIS DOIS COLABORADORES A MEIO TEMPO, PARA ALÉM DAS DEZENAS DE PESSOAS QUE DIÁRIAMENTE DE FORMA GRATUITA ALI VÃO FAZER PROGRAMA.
4º "A NOSSA FALTA DE QUALIDADE" REVELA-SE QUANDO REALIZAMOS AS NOSSAS FESTAS ANUAIS, UMA EM MAIO NO ANIVERSÁRIO E OUTRA EM DEZEMBRO(NOITE DE FADOS)PARA TUA INFORMAÇÃO E QUEM LÁ VAI SABE DO QUE ESTOU A FALAR A MÉDIA DE ASSISTENCIAS RONDA AS 1.200 PESSOAS. 5º POR FIM DIGO-TE QUE, INFELIZMENTE É SEMPRE ASSIM, SANTOS DA TERRA NÃO FAZEM MILAGRES, PODEM CONTINUAR A ATACAR QUEM LÁ TRABALHA, PODEM DIZER QUE NÃO PRESTAMOS, QUE NÃO NOS OUVEM,MAS SABEM SEMPRE O QUE LÁ SE PASSA, ACREDITA, NÃO NOS DEMOVEM E CONTINUAREMOS O NOSSO TRABALHO O MELHOR QUE PODERMOS E SOUBERMOS FAZER.COMO COSTUMA DIZER UMA OUVINTE, MARIA JOSÉ DE FERREIRA DO ALENTEJO, NO DIA EM QUE PARAREM POSSO MORRER.
HÁ E JÁ AGORA NUM OUTRO PROJECTO E MUITO MENOS CARO SE TUDO CORRER COMO ESTÁ PROGRAMADO DENTRO DE QUINZE DIAS ESTAREMOS ON LINE. ABRAÇOS JOSÉ GONÇALEZjosé gonçalez
(http://josé gonçalez)
(mailto:zegoncalez@iol.pt)
De O Restaurador a 6 de Abril de 2006 às 23:42
Boa sorte nas obras aí em casa!

Abraço!
De jose lameiras a 7 de Abril de 2006 às 16:27
Caro Estremocense

A Rádio Despertar voz de Estremoz vai brevemente não só estar on-line como também ter um novo site na Internet.
Nas Rádio Locais os passaos têm de ser dados conforme o tamanho das pernas, brevemente os estremocenses espalhados pelo mundo já irão ouvir a Rádio da sua Terra.

Cumprimentos
José Lameiras
De Anónimo a 10 de Abril de 2006 às 11:53
Começo por pedir desculpa por me estar a intrometer numa discussão que não me diz respeito mas, uma frase escrita pelo Zé Gonçalez levantou-me algumas dúvidas e foi tentar averiguar a verdade.
Eu que estive (estou, embora um pouco afastado confesso…) ligado aos primeiros passos da Rádio Borba surpreendia-me que esta Rádio estivesse envolvida num projecto CARO.
Amigo Zé, como membro da direcção do Centro Cultural de Borba que agrega a Rádio Borba e o Jornal Terras Brancas, a informação que tenho é que este projecto é GRÁTIS no primeiro ano para as Rádios aderentes. Terminado este período “experimental” passa-se a pagar uma mensalidade, ainda não quantificado, mas se valor for assim tão CARO, qualquer das Rádio aderentes pode renunciar o contrato sem qualquer encargo.
Já agora, caso esta informação não esteja correcta, agradecia que me informasses uma vez que, como te disse em cima, ando um pouco afastado e pode-me estar a escapar alguma coisa.
Um abraço
Joaquim Trincheiras
De Joaquim Trincheiras a 10 de Abril de 2006 às 12:05
Escreve o José Lameiras (que curiosamente já passou pela Rádio Borba), “Nas Rádio Locais os passos têm de ser dados conforme o tamanho das pernas”.
Ora José Lameiras, logo tu que passaste pela Rádio Borba a insinuares que a Rádio Borba deu, ou estar a dar, passos maiores que aqueles que as próprias pernas permitem?
Logo a Rádio Borba que NUNCA teve onde se “encostar” (ao contrário da Despertar, por exemplo…)?
Logo a Rádio Borba que sobrevive do apoio casas comerciais que “fazem o favor” de aqui fazerem publicidade?
Por amor de deus, não queiram justificar as vossas posições com falsidades.
Um abraço
Joaquim Trincheiras
De josé Lameiras a 10 de Abril de 2006 às 16:59
Caro Joaquim Trincheiras

Eu na minha resposta ao artigo, nunca referi o nome da Rádio Borba, passei 6 meses nessa casa e sei bem as dificuldades que essa Rádio artravessa. Não entendo a sua insinuação sobre as "receitas" da Rádio Despertar ou onde "nos podemos encostar", eu em nunhuma altura quis insinuar o que quer que fosse sobre a Rádio Borba, foi o primeiro sítio onde ttrabalhei e guardo grande carinho pela rádio e por quem aí trabalha ou comigo trabalhou e fico contente por esta estar on-line.
Acho que o senhor deveria ter interpretado pelo lado positivo as minhas palavras

cumprimentos

José Lameiras
De kapa a 10 de Abril de 2006 às 13:01
Radio Voz de Estremoz, uma das rádio que me acompanha quando vou ao alentejo, assim que começo a ter a sua frequência sintonizoa.

apesar de ainda não estar nas novas tecnologias,tem sido uma radio que tem sabido aguentar-se e a reafirmar-se durante todos estes anos. Queria aqui deixar os meus sinceros parabéns à rádio voz de estremoz.


Festas em honre de Nª Srª da Boa nova, em Terena, nos dias 21 a 25 de Abril. Programa já disponível em http://vilaterena.blogspot.com/


Kapa
De José Lameiras a 10 de Abril de 2006 às 17:06
Mas já que há muita gente interessada aqui vai a informação:

A APR - Associação Portuguesa de Rádiodifusão é a promotora do projecto...

A Rádio Despertar é associada na ARIC - Associação de Rádios de Inspiração Cristã.


Brevemente e através de outros meios iramos estar on - line.

Cumprimentos

José Lameiras

Comentar post

ano X... por António José Ramos

correio para mim, é aqui
connosco

ESTREMOZ

Estremoz

escuta aqui a

Rádio Despertar - on-line

procura aqui...

subscrever feeds

Alentejanices...

todas as tags

há mais estas...